fbpx

Leia todo o edital para fazer a prova

A importância de ler todo o edital.
Imagem: pixabay

Fala, galera! Vamos falar hoje sobre a importância de ler todo o edital do concurso que você almeja fazer. Por incrível que pareça, existem candidatos que vão fazer a prova sabendo apenas do salário, do cargo e do conteúdo programático. Se você se identificou com o perfil, mude seu hábito a partir de agora!

É importantíssimo que o candidato leia atentamente o edital do concurso para o qual está se preparando, sobretudo a parte relacionada à distribuição das questões da prova dentre as disciplinas previstas para aquele certame. Além disso, o concurseiro deve observar os pesos de cada disciplina, calculando a quantidade de pontos que você pode obter em cada uma.

A leitura completa do edital pode fazer você perceber que, eventualmente, nem todas as disciplinas têm importância.

Na verdade, você pode até chegar à conclusão de que algumas disciplinas são irrelevantes (estatisticamente falando). O que pode até mesmo levar você a fazer uma prova deixando de estudar determinada disciplina.

Ou seja, teoricamente você pode passar em um concurso sem bater todo o edital. Vou te explicar: sabemos que as notas de corte estão cada vez mais altas, acima dos 90% em alguns casos, mas o que eu estou tentando te dizer é que, em muitos casos, você consegue obter esses 90% de resultado estudando menos que 100% das disciplinas/assuntos. Isso porque há uma concentração de questões em determinadas disciplinas e assuntos. Está percebendo a importância de ler todo o edital?

Continuando, podemos perceber essas informações no próprio edital, naqueles quadrinhos apresentados com a distribuição das questões e os pesos. Por isso é tão importante lê-los. Já a concentração das questões em relação aos assuntos dos editais, o que chamo de “grau de incidência dos assuntos”, deve ser medido, analisando-se uma amostra das questões da banca para cargos análogos aos que você pretende ser aprovado.

Ficou confuso? Calma. Vamos ilustrar toda essa informação com um exemplo prático. Observe a tabela:

MatériaQuantidade de QuestõesPesoTotal de Pontos
Português20240
Raciocínio Lógico10110
Tecnologia da Informação10110
Administração Pública515
Auditoria515
Direito Constitucional15230
Direito Administrativo15230
Direito Tributário20240
Total100 170

Analisando os dados acima, é possível perceber que as disciplinas “Administração” e “Auditoria” possuem um custo-benefício baixo para essa prova, já que as duas disciplinas, somadas, representam apenas 5,88% dos pontos totais. Sendo assim, se não houver mínimos por disciplinas, seria sensato avaliar a real necessidade de se estudar essas duas disciplinas (deixando claro que isso seria feito em um cenário de escassez de tempo).

Já as disciplinas de Português e de Direito Tributário, somadas, representam uma estimativa de 47,05% das questões possíveis da prova. Ou seja, essas matérias possuem uma incidência bem maior, elas vão fazer a diferença na sua prova. Seria sensato, portanto, na falta de tempo para contemplar todas as disciplinas cobradas, deixar de lado as de menor incidência e focar em Português e Direito Tributário, por exemplo.

Notou mais uma vez a importância de ler todo o edital?

Por fim, reforço o quanto é importante fazer uma leitura analítica do edital referente ao concurso que você almeja. Quando isso não é feito, ficam de fora muitos detalhes que poderiam fazer a diferença na hora da sua prova.

Deixe a preguiça de lado e leia atentamente todas as informações contidas nesse documento, afinal a sua prova é baseada nas informações que estão escritas nele. Já pensou nisso?

Portanto, de posse dessas informações sobre a importância de ler todo o edital, vá agora fazer a leitura do seu. Não perca tempo. Deixe de preguiça e coloque o seu sonho em primeiro lugar!

Conheça o Método 4.2 de Revisão e baixe já uma das Planilhas Gratuitas que preparei pra vocês.

Gostou do texto? Siga-me também no Instagram e receba dicas e postagens diárias.

Abraços,

Rafael Barbosa.

Sonhos determinam o que você quer. Ação determina o que você conquista.

Aldo Novak

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário