fbpx

Coaching para Polícia Federal

Coaching para Polícia Federal

Você sabe quais as vantagens de um programa coaching para Polícia Federal? Descubra agora!

Os concursos para PF são bastante concorridos devido ao atrativo salarial, as cifras iniciais variam entre R$ 12.441,26 e R$ 23.130,48 por mês. Além disso, o regime de trabalho é por meio de plantão, trabalhando 24 horas por 72 horas de folga, sendo mais um atrativo do cargo.

Mas não é tão simples ser aprovado em um certame para Polícia Federal. O concurso é composto por diversas etapas:

  • prova objetiva;
  • prova discursiva;
  • avaliação de aptidão física;
  • prova oral (somente para o cargo de Delegado da Polícia Federal);
  • prova prática de digitação (apenas para o cargo de Escrivão);
  • avaliação médica e avaliação psicológica.

Além disso, o volume de conteúdo exigido do candidato é enorme, fazendo o concurseiro dar conta de muitas disciplinas até o dia da prova. Por isso um coaching para Polícia Federal faz toda a diferença.

Requisitos para concurso Polícia Federal

O órgão possui vários cargos, mas vamos destacar os requisitos dos 3 seguintes cargos:

  • Para concorrer ao cargo de Delegado de Polícia Federal, o candidato precisa ter diploma de graduação no curso de Direito e comprovação de três anos de atividade jurídica ou policial.
  • No caso de concorrer a uma vaga para o cargo de Agente de Polícia Federal, o candidato precisa ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.
  • Para concorrer ao cargo de Escrivão de Polícia Federal o candidato precisa ter diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso superior em nível de graduação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC.

Atribuições dos cargos

Delegado: instaurar e presidir procedimentos policiais de investigação; orientar e comandar a execução de investigações relacionadas com a prevenção e repressão de ilícitos penais; participar do planejamento de operações de segurança e investigações; supervisionar e executar missões de caráter sigiloso; participar da execução das medidas de segurança orgânica, bem como desempenhar outras atividades, semelhantes ou destinadas a apoiar o órgão na consecução dos seus fins.

Agente: : investigar atos ou fatos que caracterizem ou possam caracterizar infrações penais, observada a competência da Polícia Federal; proceder à busca de dados necessários; executar todas as tarefas necessárias à identificação, ao arquivamento, à recuperação, à produção e ao preparo dos documentos de informações; executar todas as atividades necessárias à prevenção e repressão de ilícitos penais da competência da Polícia Federal; conduzir veículos automotores, embarcações e aeronaves; auxiliar a autoridade policial em todos os atos de investigação, cumprir medidas de segurança orgânica; desempenhar 3 outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Escrivão: dar cumprimento às formalidades processuais, lavrar termos, autos e mandados, observando os prazos necessários ao preparo, à ultimação e à remessa de procedimentos policiais de investigação; atuar nos procedimentos policiais de investigação, acompanhar a autoridade policial, sempre que determinado, em diligências policiais; responsabilizar-se pelo valor das fianças recebidas e pelos objetos de apreensão; conduzir veículos automotores; cumprir medidas de segurança orgânica; atuar nos procedimentos policiais de investigação; desempenhar outras atividades de natureza policial e administrativa, bem como executar outras tarefas que lhe forem atribuídas.

Disciplinas cobradas no concurso para Polícia Federal

A Equipe Método 4.2 destacou para você as principais disciplinas cobradas para o concurso da Polícia Federal.

  • PARA TODOS OS CARGOS (CONHECIMENTOS BÁSICOS):

Português;

Informática;

Noções de Direito Administrativo;

Noções de Direito Constitucional;

Legislação especial;

Raciocínio Lógico.

  • PARA O CARGO DE DELEGADO DA POLÍCIA FEDERAL:

Direito Administrativo;

Direito Constitucional;

Direito Civil;

Direito Processual Civil;

Direito Empresarial;

Direito Internacional Público;

Direito Processual Penal;

Direito Previdenciário;

Criminologia;

Direito Financeiro e Tributário.

  • PARA O CARGO DE ESCRIVÃO:

Noções de Direito Penal e Direito Processual Penal;

Estatística;

Arquivologia;

Contabilidade geral.

  • PARA O CARGO DE AGENTE DE POLÍCIA FEDERAL:

Noções de Direito Penal e Direito Processual Penal;

Estatística;

Contabilidade Geral.

Com tanta disciplina para dar conta, o concurseiro precisa de muito foco e organização. E para uma melhor preparação, o programa coaching do Método 4.2 de Revisão é ideal para otimizar os seus estudos.

O programa coaching para Polícia Federal do Método 4.2 de Revisão é ideal para você que sonha em ocupar um cargo policial.

Programa Coaching Método 4.2 de Revisão

Ter um método de estudo é de crucial importância no seu processo de aprovação. E não pode ser qualquer técnica aleatória, o método precisa otimizar o seu tempo para que você possa ter um estudo de qualidade.

E é aí que entra o programa Coaching para Polícia Federal. Ele se faz necessáriopara auxiliaro concurseiro no processo de aprovação. Afinal, existe muito material na internet e, muitas vezes, o estudante não sabe por onde começar; se vai assistir à videoaula, se vai estudar por PDF etc.

O coaching para Polícia Federal vai orientar você em como estudar e por onde estudar. A ideia é fazer o coachee estudar do modo certo e com qualidade. Por exemplo, você pode estudar tanto por PDF quanto por videoaula, o seu coach vai dizer a você como e quando fazer isso.

Um bom programa coaching para Polícia Federal é aquele que organiza e otimiza o tempo do cochee. E o Método 4.2 de Revisão trabalha dessa forma.

Depoimento de quem foi aprovado na PF e PRF usando o programa coaching para Polícia Federal do Método 4.2 de Revisão:

Leia abaixo o depoimento coachee Luiz Specth – APROVADO NA PF E PRF 2021:

Busquei o programa de coaching quando estudava para a área fiscal, após 2 anos de estudo para concursos públicos.

Já havia realizado provas de diversos certames, porém, mesmo com um bom tempo de estudo, sempre estudei de forma porco estruturada, buscando conteúdos com maior custo benefício para ter um aparente melhor aproveitamento do tempo, tentando fazer todos os concursos que iam surgindo.

Hoje vejo que esse foi meu maior erro pois não conseguia dar continuidade no estudo de uma matéria e também não conseguia acompanhar a tempo as mudanças e particularidades de cada edital.

Esse problema foi corrigido prontamente com a estrutura e filosofia de estudo do Método 4.2, o qual prevê uma abordagem completa de todas as matérias da área foco ou do certame de referência, com revisões semanais baseadas em questões, que proporcionam uma ambientação com a forma de cobrança das bancas e busca a máxima eficiência na aquisição de conhecimento.

Professor Rafael Barbosa sempre fala: “não busque atalhos, a diferença entre quem passa e quem não passa é justamente a abordagem completa do conteúdo previsto em edital”.

Depois de alguns meses seguindo no estudo para a área fiscal, devido à pouca perspectiva de certames no curto prazo, alteramos o foco para a área policial, pois havia perspectiva de sair bons concursos como o da PF e PRF, os quais sempre tive grande interesse.

Novamente, me surpreendeu positivamente algumas características do programa de coaching do Método 4.2: a capacidade de adaptação do planejamento para satisfazer os interesses particularidades do aluno e/ou contornar algumas dificuldades encontradas; e a experiência prática dos coach’s, servindo como uma verdadeira ferramenta de suporte à tomada de decisão em momentos de incerteza, insegurança e dúvidas de qual o melhor caminho ou atitude a ser tomada dentro da conjuntura do mundo dos concursos públicos.

Trabalhamos duro no novo objetivo, cumprindo todas as metas estabelecidas. Por conseguinte, alcançamos a aprovação nos concursos da PF e da PRF em menos de um ano de orientação.

Essa conciliação de editais não foi fácil, mas apenas foi possível devido ao estudo consistente das matérias bases da área, as quais foram foco durante os períodos de pré-edital. Aliás, 90% da aprovação foi construída no pré-edital.

Dessa forma, afirmo com total convicção que o suporte técnico e o acompanhamento do programa de coaching do Método 4.2 foi essencial na caminhada rumo à tão sonhada aprovação, podendo ser um diferencial inclusive para alunos que já possuem algum tempo e maturidade no estudo para concursos, como foi para mim.

Luiz Specht – Aprovado da PRF e PF 2021

O que você está esperando? Faça igual ao Luiz e venha fazer parte da família 4.2!

O Método 4.2 de Revisão foi criado pelo coach Rafael Barbosa e é uma técnica de estudo que tem por missão organizar o estudo da teoria, da prática (treino em questões) e das revisões sistemáticas, da seguinte forma: as disciplinas são organizadas em dois grupos que se alternam em 4 dias dedicados ao estudo da teoria (mais questões de fixação) e 2 dias de revisão (feita de forma reversa: das questões para a “teoria”).

Abaixo segue o passo a passo do Método 4.2 de Revisão:

  • Trabalhe com ciclos de estudos de 7 dias, sendo 6 de estudos e 1 de descanso;
  • Divida os 6 dias de estudos em 4 dias para teoria e 2 para revisão;
  • Nos dias destinados à teoria, dedique no máximo 2 horas de estudo para cada disciplina;
  • Durante a leitura da teoria, faça apenas grifos e anotações (cuidado com resumos, se quiser mesmo fazer, faça resumos curtos);
  • Nos dois dias de revisão, faça questões sobre os assuntos estudados na semana e revise apenas o que errar;
  • Se for preciso, volte no curso regular ou videoaula para revisar o que você errou;
  • Procure fazer entre 300 e 500 questões por semana (dos assuntos que você estudou);
  • Controle seu progresso no conteúdo programático do concurso para o qual você está estudando;
  • Por fim, repita o procedimento até bater o edital!!!

Saiba tudo sobre o Método 4.2 de Revisão, baixe gratuitamente a planilha e comece a estudar agora mesmo!

Conheça o programa de coaching do Método 4.2 de Revisão

O programa de coaching tem como objetivo:

  • fazer com que você aprenda a estudar em alta performance;
  • oferecer orientação profissional plenamente capacitada e comprometida;
  • desenvolver todas as técnicas que envolvem o método 4.2 de revisão;
  • estimular o autodidatismo;
  • melhorar seu desenvolvimento nos estudos;
  • organizar sua rotina de estudos;
  • aumentar sua autoconfiança e disciplina;
  • a sua aprovação!

São muitos os benefícios que o coachee tem a ganhar, alguns deles são:

  • gestão do tempo de estudo;
  • aumento da produtividade nos estudos, medida por meio de indicadores objetivos;
  • maior absorção do conteúdo estudado, por meio do estudo sistemático, utilizando o método 4.2 de revisão;
  • melhoria no rendimento dos exercícios, tendo em vista o trabalho focado e objetivo, baseado o cargo/área escolhido pelo aluno;
  • mais segurança durante a jornada de estudos até a aprovação, por meio de orientações pontuais e específicas, sob demanda do estudante;
  • ciclos de estudos planejados de acordo com a sua rotina e concursos de interesse;
  • organização de revisões sistemáticas, garantindo a fixação do conhecimento, sem prejuízo ao avanço do conteúdo do edital;
  • avaliações de desempenho por assunto, permitindo o conhecimento dos pontos fracos/oportunidades de melhoria em cada disciplina, conforme a sua relevância;
  • planejamento e otimização do seu estudo em um alto nível, possibilitando alto rendimento em provas.

Se você tem interesse de ter um acompanhamento individual e personalizado, deixe seu nome da lista de espera.

Turbine a sua aprovação com o programa de Coaching do Método 4.2 de Revisão!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário