fbpx

Concurso PCPE

PCPR prende suspeito de ser um dos maiores estelionatários do país | Polícia  Civil do Paraná

Hoje vamos falar a respeito concurso PCPE.

O governo de Pernambuco autorizou a realização de um novo concurso público das forças de segurança do Estado, incluindo o tão aguardado edital da Polícia Civil.

O novo concurso do Polícia Civil de Pernambuco (concurso PCPE) deve ter seu edital publicado no 2º semestre de 2022. A informação foi anunciada pela delegada e deputada estadual de Pernambuco Gleide Ângelo.

Segundo vídeo divulgado em suas redes sociais, Gleide destacou que as vagas e cargos a serem ofertados estão sendo discutidos, diante da questão financeira.

Além da Polícia Civil, haverá oportunidades para a Polícia Militar, Polícia Técnico Científica e Corpo de Bombeiros.

CARGOS VAGOS

As quatro operativas já fizeram o levantamento da sua necessidade de efetivo, encaminharam para a Secretaria de Defesa Social (SDS) e já está na Secretaria de Administração (SAD). Então, o governador junto com a SAD irá verificar, diante da questão financeira, quantas vagas terão para cada cargo.

SALÁRIOS

Segundo a estrutura remuneratória do quadro de servidores do órgão, no último edital do concurso no ano 2016, a remuneração foi de R$ 9.069,81 para o cargo de Delegado de Polícia e de R$ 3.276,42 para os cargos de Escrivão e Agente de Polícia.

JORNADA

Todos os cargos ofertados possuem jornada de trabalho de 8 horas diárias ou 40 horas semanais, ressalvadas as jornadas especiais, em regime de plantão, observando a proporcionalidade limite de 1/3 (uma hora de trabalho, para três de descanso).

REQUISITOS (por cargo)

Delegado

Diploma de curso de nível superior de bacharelado em Direito, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC;

Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria B (conforme previsto no Decreto Estadual nº 42.106, de 2015);

Três anos de prática jurídica (na forma definida no art. 59 da Resolução nº 75, de 12 de maio de 2009, do Conselho Nacional de Justiça) ou atividade policial (nos termos do art. 144 da Constituição Federal), comprovada no ato da posse, por intermédio de documentos e certidões.

Escrivão

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC;

Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria B (conforme previsto no Decreto Estadual nº 42.106, de 1º de setembro de 2015).

Agente

Diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de nível superior em qualquer área de formação, fornecido por instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC);

Carteira Nacional de Habilitação, no mínimo, categoria B (conforme previsto no Decreto Estadual nº 42.106, de 1º de setembro de 2015).

ÚLTIMO CONCURSO (2016)

Banca: Cespe

Vagas: 650 vagas, distribuídas entre os cargos de Delegado, Agente e Escrivão.

Distribuição das vagas:

  • Delegado: 100 vagas, sendo 3 reservadas para candidatos com deficiência;
  • Agente: 500 vagas, sendo 15 reservadas para candidatos com deficiência;
  • Escrivão: 50 vagas, sendo 2 reservadas para candidatos com deficiência.

Para o cargo de Agente, as etapas do concurso PCPE foram:

  • Provas Objetivas;
  • Prova Discursiva;
  • TAF (Teste de Aptidão Física);
  • Avaliação Psicológica;
  • Exame Médico;
  • Investigação Social;
  • Curso de Formação.

O cargo de Escrivão da PCPE contou com as seguintes etapas:

  • Provas Objetivas;
  • Prova Discursiva;
  • Prova Prática;
  • TAF (Teste de Aptidão Física);
  • Avaliação Psicológica;
  • Exame Médico;
  • Investigação Social;
  • Curso de Formação.

Já o cargo de Delegados da PCPE teve as seguintes etapas, sendo:

  • Prova Objetiva;
  • Prova Discursiva;
  • TAF (Teste de Aptidão Física);
  • Avaliação Psicológica;
  • Exame Médico;
  • Investigação Social;
  • Avaliação de Títulos;
  • Curso de Formação.

SOBRE AS PROVAS OBJETIVAS E DISCURSIVAS

Agente e Escrivão

As provas objetivas e discursivas para os cargos de Agente e Escrivão tiveram duração de 5 horas e foram aplicadas no turno da manhã.

  1. Prova Objetiva: Conhecimentos Gerais – 20 questões
  2. Prova Objetiva: Conhecimentos Específicos – 40 questões
  3. Prova Discursiva: Redação de texto dissertativo

Conhecimentos Gerais para o cargo de Escrivão e Agente:

  • Português
  • Noções de Informática
  • Atualidades (somente para a prova discursiva)

Conhecimentos Específicos para o cargo de Escrivão e Agente:

  • Noções de Direito Constitucional
  • Noções de Direito Administrativo
  • Noções de Direito Penal
  • Noções de Direito Processual Penal

Delegado

A prova objetiva para o cargo de Delegado de Polícia teve a duração de 4 horas, aplicada no turno da tarde.

Prova Objetiva: Conhecimentos Específicos – 100 questões

Conhecimentos Específicos para o cargo de Delegado:

  • Medicina Legal
  • Criminologia
  • Legislação Estadual
  • Direito Penal
  • Direito Processual Penal
  • Legislação Penal e Processual Penal Extravagante
  • Direito Constitucional
  • Direito Administrativo
  • Direito Civil e Empresarial
  • Direito Tributário
  • Direito Ambiental
  • Direito Eleitoral

A prova discursiva para o cargo de Delegado de Polícia teve a duração de 4 horas e foi aplicada, no turno da tarde. O conteúdo da Prova Discursiva poderia versar sobre Direito Penal e Direito e Processual Penal

SOBRE AS PROVAS PRÁTICAS

A prova de capacidade física, para os cargos de Agente, Escrivão e Delegados, de caráter eliminatório, foi composta das seguintes avaliações:

  • Flexão de braço na barra fixa (masculino) e estático de barra (feminino)
  • Impulsão horizontal (masculino e feminino)
  • Natação (masculino e feminino)
  • Corrida de 12 minutos (masculino e feminino)

INSCRITOS

Foram registrados 53.716 candidatos inscritos distribuídos nos cargos:

Agente: 37.783 inscritos

Delegado: 13.667 inscritos

Escrivão: 2.266 inscritos

NOMEAÇÕES

A Secretaria de Defesa Social do Governo do Estado de comunicou o aumento quantitativo de candidatos a serem convocados para realizarem o Curso de Formação da Polícia Civil (Agente, Delegado e Escrivão), ficando da seguinte forma:

Agente: 620 Convocados

Delegado: 140 Convocados

Escrivão: 90 Convocados

“Mas Rafael, qual o núcleo duro para Agente e Escrivão?”

Bom, geralmente, o núcleo duro desses cargos contempla as seguintes disciplinas:

Português

Informática

RLM

Direito Constitucional

Direito Administrativo

Direito Penal

Direito Processual Penal

Legislação Extravagante

Já para o cargo de Delegado, o núcleo duro seria:

Direito Constitucional

Direito Administrativo

Direito Penal

Direito Processual Penal

Direito Civil

Direito Processual Civil

Direito Empresarial

Medicina legal

Criminologia

Legislação penal e processual penal extravagante

Prepare-se com o Método 4.2 de Revisão!

Baixe nossas planilhas gratuitas e comece a estudar agora mesmo!

Se você tem interesse de ter um acompanhamento individual e personalizado, deixe seu nome na lista de espera e faça parte do programa coaching!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário