fbpx

Concurso TJ RS define banca organizadora!

Concurso TJ RS

O Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo – IBADE foi a empresa escolhida para organizar o novo Concurso TJ RS. A expectativa agora é que o edital seja lançado em breve, ainda em 2021.

O novo certame vai ofertar vagas para os cargos de Oficial de Justiça Estadual e Analista Judiciário – Serviço Social.

Concurso TJ RS: remuneração e benefícios

CargoVencimento brutoGratificaçãoAuxílio conduçãoRisco de vidaRemuneração total
Oficial PJ-HR$ 4.712,55Não informadoR$ 942,51R$ 1.649,39R$ 7.304,45
Assistente Social PJ-JR$ 6.912,07R$ 2.764,83Não informadoNão informadoR$ 9.676,90

A remuneração inicial para os cargos de Oficial de Justiça PJ-H e Assistente Social PJ J é a seguinte:

Concurso TJ RS: cargos e vagas

Serão ofertadas 24 vagas para o cargo de Oficial de Justiça PJ-H. Para concorrer o candidato precisa ter Ensino médio completo ou equivalente.

As principais atribuições do cargo são:

  • Realizar, pessoalmente, as citações, prisões, penhoras, arrestos e demais diligências ordenadas pelos juízes aos quais servir;
  • Lavrar certidões e autos das diligências que efetuar, bem como afixar e desafixar editais;
  • Cumprir as determinações dos Juízes;
  • Apregoar os bens que devam ser arrematados, assinando os respectivos autos;
  • Cumprir as demais atribuições previstas em lei ou regulamento;
  • Recolher ao ofício em que tramita o feito as importâncias recebidas quando, em virtude de execução por título judicial ou extrajudicial, o devedor, citado para pagamento, efetuá-lo;
  • Exercer as funções de Oficial de Justiça da Infância e da Juventude, conforme atribuições constantes da Lei Estadual n. 10.720/1996, DA Consolidação Normativa e do Código de Organização Judiciária;
  • Cotar os valores dos atos praticados e as despesas de condução;
  • Estar presente às audiências e coadjuvar o Juiz na manutenção da ordem; e
  • Exercer outras atribuições determinadas pelo Juiz.
  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais. O exercício do cargo pode determinar serviço externo e, em regime especial, trabalho fora do horário normal de expediente.

Para o cargo de Assistente Social Judiciário PJ-J vão ser ofertadas 4 vagas. Para concorrer o candidato precisa ter diploma ou certificado, devidamente registrado, de curso de graduação em Serviço Social, reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC registro legal para o exercício profissional no Conselho Regional de Serviço Social – CRESS.

Além disso, possuir experiência mínima comprovada de 12 meses de atuação como Assistente Social ou de estágio de graduação em área da infância, da família ou afins, sendo admitida a soma de períodos temporais, desde que não concomitantes.

As principais atribuições do cargo são:

  • Elaborar laudos sociais para subsidiar decisões judiciais;
  • Prestar orientação e/ou acompanhamento a crianças, adolescentes, idosos e famílias envolvidos em ações judiciais;
  • Articular recursos sociais que contribuam para solucionar ou minimizar as situações problema da infância e da juventude, de idosos, de incapazes, de apenados ou de entidades familiares em litígio ou com um contexto de violência intrafamiliar, realizando os encaminhamentos necessários;
  • Prestar assessoria, por determinação judicial, a instituições que abriguem crianças e adolescentes ou idosos; acompanhar visitas de pais separados aos filhos, em casos de litígio grave, quando necessário para subsidiar o trabalho técnico-profissional na elaboração de laudo social;
  • Planejar, executar e avaliar pesquisas e programas relacionados à prática profissional do Assistente Social Judiciário;
  • Organizar e manter registro e documentação atinentes ao Serviço Social, obedecendo às regras específicas;
  • Atuar na prevenção de situações de vulnerabilidade que posam afetar crianças e adolescentes, idosos, grupos familiares e apenados, mesmo que não haja procedimento formalmente instaurado;
  • Realizar atividades necessárias para execução, gerenciamento e supervisão do cumprimento de penas e medidas alternativas;
  • Realizar atividades pertinentes nos processos de habilitação para adoção, colocação em lares substitutos, e estágio de convivência;
  • Orientar adolescentes cumprindo medidas de liberdade assistida e prestação de serviços à comunidade; e
  • Realizar outras atividades correlatas à sua especialidade, por determinação judicial.
  • Jornada de trabalho: 40 horas semanais. O exercício do cargo poderá exigir a prestação de serviços fora do horário normal de expediente.

Último concurso TJ RS: Oficial de Justiça PJ – H e de Assistente Social Judiciário PJ-J

O último certame ocorreu em 2014 e foi organizado pela Fundação de Apoio da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – FAURGS. Constou apenas de uma etapa com prova objetiva.

As disciplinas exigidas foram as seguintes:

Oficial de Justiça PJ-H

  • Língua portuguesa – 30 questões;
  • Conhecimentos específicos/Tópicos de legislação – 40 questões; e
  • Microinformática – 10 questões.

Assistente Social Judiciário PJ -J

  • Língua portuguesa – 30 questões;
  • Conhecimentos específicos – 30 questões;
  • Tópicos de Legislação – 15 questões; e
  • Microinformática – 5 questões

Não fique de fora! Prepare-se com o time do Método 4.2!

Baixe nossas planilhas gratuitas e comece a estudar agora mesmo!

Se você tem interesse de ter um acompanhamento individual e personalizado, deixe seu nome da lista de espera e faça parte do programa coaching!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário