fbpx

Como se tornar constante nos estudos

Constante nos estudos

Como se manter constante nos estudos?

Fala, Galerinha! Tudo bem com vocês?

Hoje estou aqui para falar algo um pouco diferente para vocês. Não irei falar sobre um concurso específico ou o salário para um determinado cargo.

O objetivo desse artigo é te ajudar a melhorar nos estudos. Vamos falar a respeito de o que e como fazer para ser constante nos estudos. Falo isso, pois muitos concurseiros vivem de “febre” e isso não é bem o recomendado.

Muitos alunos começam empolgados, mas quando sentam mesmo a bunda na cadeira e começam a estudar, percebem que as coisas não caem do céu. É aí que se diferenciam os “homens/mulheres dos meninos/meninas”.

Falo isso pois nesse momento que a maioria desiste, não está disposto ou realmente não quer abdicar de nada em prol de um bem maior.

Se analisarmos o mundo atual, quantos pessoas possuem a capacidade de conseguirem o que querem sem a necessidade de abrir mão de algo? Bem poucas, correto? Então, se você está lendo esse artigo, certamente você não é uma dessas pessoas,

Hoje eu quero apresentar alguns passos para que você seja constante nos estudos. Ser constante não quer dizer que você não terá uma folga ou um tempo livre para relaxar. Ser constante é se manter focado naquilo que realmente você quer, independentemente do que terá que abrir mão para isso.

Quando você decide estudar para concursos é interessante que você tenha um local adequado e silencioso para isso.

Claro que o importante é estudar, mas quando falamos em estudo a longo prazo, isso se torna importante.

Segundo, você deve se sentar com uma postura correta. Mas professor, isso é mesmo importante? Eu digo que sim, pois ninguém merece “conquistar” uma dor crônica na coluna estudando para concursos, certo?

Terceiro, “exclua” o seu celular na hora que estiver estudando. Sabemos que a tecnologia está cada dia mais presente nas nossas vidas e os celulares são “atrativos”. Por isso, eu sempre oriento você a estudar com o seu celular fora de alcance nesse período.

Quarto, tenha uma meta definida. Saiba o que você irá estudar em cada dia da semana. Isso se chama planejamento. Pode ser feito em papel impresso mesmo ou então em uma planilha ou outro arquivo no seu computador ou tablete. Saber o que será feita e quando fazer te faz ganhar tempo. Organize o seu material para isso.

Quinto, se recompense! Se você possui uma meta de estudar 5 horas por dia e cumpriu ela, se recompense. Tire um tempo para ver um filme, namorar, dormir mais, comer algo que goste. Isso se chama estímulos e são importantes a longo prazo.  Mas claro que aqui você precisar definir uma meta alcançável e também não tão simples de cumprir. Por exemplo, você “só estuda” e decide colocar uma meta de 2 horas líquidas por dia. Meu amigo (a), quem você quer enganar? Essa meta é fora da sua realidade, correto? Então coloque algo perto do que você acredita ser possível cumprir abrindo mão de algumas coisas.

Sexto, faça algum exercício físico para movimentar o seu corpo. Quando você estuda a longo prazo, tirar aqueles 60 minutos para fazer algum exercício é sempre importante. Isso te ajuda a liberar a tensão e te deixa mais concentrado quando for voltar a estudar.

Sétimo, saiba qual é a finalidade dos seus estudos. Qual é o seu objetivo a curto, médio e longo prazo. Quando você estuda sem objetivo, você acaba procrastinando mais. Saiba o que você quer e como fazer isso acontecer.

Oitavo, se desafie. Quantas horas líquidas, páginas lidas, questões respondidas, percentual de acerto você quer alcançar após 7 dias, um mês, seis meses ou um ano.

Nono, não se coloque para baixo. Dias ruins irão acontecer sempre, não tem jeito. Então, é nesses dias que você precisa se conhecer para entender o que ocorreu e o que fazer para melhorar. Quanto mais você se conhecer, menos dias ruins de estudo você terá.

Por fim, décimo ponto é algo que muita gente se esquece: alimente-se bem! Muitos irão dizer que isso não tem nada a ver com os estudos, mas eu te digo, ter uma alimentação baseada e saudável é importante para você manter o corpo mais tranquilo. Isso te ajudará a melhorar a concentração e também a qualidade dos seus estudos.

Bom pessoal! Essas seriam algumas dicas que eu acredito que sejam importantes quando você quer ter constância e qualidade nos estudos.

Estudar um dia para concurso é fácil, quero ver é fazer isso por um mês, um ano, dois ou três anos.

E para não deixar passar em branco, VÁ SIMBORA ESTUDAR!

Abraços,

Rafael Barbosa.

Conheça o Método 4.2 de Revisão e baixe já uma das Planilhas Gratuitas que preparei pra vocês.

Faça parte da família 4.2 e otimize seus estudos! Clique no botão abaixo e deixe o seu nome na lista de espera.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário