fbpx

Dicas para enfrentar a FGV durante a prova

Dicas para enfrentar a FGV durante a prova.

Estou passando aqui para trazer umas dicas para que você consiga enfrentar com mais tranquilidade a tão temida banca FGV.

E nada mais pertinente do que falar sobre isso, já que a banca vem ganhando espaço no cenário nacional de retomada de concursos Brasil a fora.

Como essa banca tem sido contratada para importantes concursos, como TCU e CGU, por exemplo, é fundamental atenção a todos detalhes. E quando digo todos, são todos mesmo! Qualquer acerto, pode ser decisivo pra você passar ou não.

Não é justo que você jogue fora toda uma preparação cercada de tantas abdicações, por causa de um comportamento inadequado na “hora h”, durante as 4 ou 5 horas de realização da prova de seu concurso tão sonhado, não é mesmo?

Esse é motivo pelo qual estou escrevendo essas dicas, para que você acerte na estratégia na hora do certame.

Então, vamos logo ver quais são essas dicas poderosas:

Dica 1: Nunca deixe português para o final. Se essa disciplina é difícil de digerir com a cuca fresca, se torna impossível com a mente cansada. A interpretação é importante para todas as matérias, mas em português isso é ainda mais relevante. Por isso, é importante que sua mente consiga traduzir o mais fidedignamente o que está lendo nessa matéria.

Dica 2: Não se emocione se pegar uma sequência de questões que você não faz a mínima ideia do que se trata. É normal acontecer isso. Tem que se manter forte mentalmente. Aquele que não deixar se abalar com esse tipo de coisa certamente terá vantagens.

Dica 3: A prova é cansativa mesmo. Eles fazem isso de propósito. Sabendo disso, tente desligar a mente horas antes da prova. Relaxe para enfrentar momentos de extrema concentração questão a questão.

Dica 4:   Vá ao banheiro pelo menos umas 3 vezes. É importante parar a luta para respirar um pouco. Como se faz numa luta de boxe, por exemplo. A exaustão elevada, quase sempre, gera distração. Não trate as idas ao banheiro como tempo jogado fora, mas sim um investimento na sua mente 100% focada.

Dica 5: Respeite a banca, não queira ficar discutindo com ela. Seja o mais rápido possível na leitura. Se você não consegue ler rápido, anote isso como prioridade durante a sua preparação. Isso será muito importante para que você consiga enfrentar com um pouco mais de tempo temas mais difíceis e complexos. Acredite, essas orientações podem fazer toda a diferença na sua aprovação. Mentalize-as e as execute durante o certame. A correção de detalhes simples vai aumentar em muito a sua nota final, porque você vai conseguir usar em seu nível máximo toda bagagem adquirida na preparação durante a prova, sem desperdícios, pode ter certeza!

Conheça o Programa Coaching Método 4.2 de Revisão

Um bom programa coaching é aquele que organiza e otimiza o tempo do cochee. E o Método 4.2 de Revisão trabalha dessa forma.

Método 4.2 de Revisão foi criado pelo coach Rafael Barbosa e é uma técnica de estudo que tem por missão organizar o estudo da teoria, da prática (treino em questões) e das revisões sistemáticas, da seguinte forma: as disciplinas são organizadas em dois grupos que se alternam em 4 dias dedicados ao estudo da teoria (mais questões de fixação) e 2 dias de revisão (feita de forma reversa: das questões para a “teoria”).

Abaixo segue o passo a passo do Método 4.2 de Revisão:

  • Trabalhe com ciclos de estudos de 7 dias, sendo 6 de estudos e 1 de descanso;
  • Divida os 6 dias de estudos em 4 dias para teoria e 2 para revisão;
  • Nos dias destinados à teoria, dedique no máximo 2 horas de estudo para cada disciplina;
  • Durante a leitura da teoria, faça apenas grifos e anotações (cuidado com resumos, se quiser mesmo fazer, faça resumos curtos);
  • Nos dois dias de revisão, faça questões sobre os assuntos estudados na semana e revise apenas o que errar;
  • Se for preciso, volte no curso regular ou videoaula para revisar o que você errou;
  • Procure fazer entre 300 e 500 questões por semana (dos assuntos que você estudou);
  • Controle seu progresso no conteúdo programático do concurso para o qual você está estudando;
  • Por fim, repita o procedimento até bater o edital!!!

O programa de coaching tem como objetivo:

  • fazer com que você aprenda a estudar em alta performance;
  • oferecer orientação profissional plenamente capacitada e comprometida;
  • desenvolver todas as técnicas que envolvem o método 4.2 de revisão;
  • estimular o autodidatismo;
  • melhorar seu desenvolvimento nos estudos;
  • organizar sua rotina de estudos;
  • aumentar sua autoconfiança e disciplina;
  • a sua aprovação!

São muitos os benefícios que o coachee tem a ganhar, alguns deles são:

  • gestão do tempo de estudo;
  • aumento da produtividade nos estudos, medida por meio de indicadores objetivos;
  • maior absorção do conteúdo estudado, por meio do estudo sistemático, utilizando o método 4.2 de revisão;
  • melhoria no rendimento dos exercícios, tendo em vista o trabalho focado e objetivo, baseado o cargo/área escolhido pelo aluno;
  • mais segurança durante a jornada de estudos até a aprovação, por meio de orientações pontuais e específicas, sob demanda do estudante;
  • ciclos de estudos planejados de acordo com a sua rotina e concursos de interesse;
  • organização de revisões sistemáticas, garantindo a fixação do conhecimento, sem prejuízo ao avanço do conteúdo do edital;
  • avaliações de desempenho por assunto, permitindo o conhecimento dos pontos fracos/oportunidades de melhoria em cada disciplina, conforme a sua relevância;
  • planejamento e otimização do seu estudo em um alto nível, possibilitando alto rendimento em provas.

Se você tem interesse de ter um acompanhamento individual e personalizado, deixe seu nome da lista de espera:

Abraços,

Rafael Barbosa

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário