fbpx

É preciso controle emocional para passar em concursos

Estudar para concurso

Fala, galera! Sei que não é fácil estudar para concurso, é uma tarefa árdua e angustiante. É natural surgir sempre a dúvida se os estudos vão de fato fazer você mudar de vida. O concurseiro se pega pensando em momentos difíceis “será que vou conseguir ser aprovado?”

É comum bater a incerteza durante o processo, pois a caminhada é bastante sofrida, cheia de renúncias e disciplina. Por isso bate, às vezes, a vontade de desistir de tudo e seguir com sua vida, aceitando sua atual condição financeira.

Portanto, é comum esse momento de altos e baixos durante a caminhada de estudar para concurso. E o concurseiro precisa, antes de mais nada, buscar controle emocional para não se perder no processo de aprovação.

Costumo dizer que estudar para concurso é ter controle emocional suficiente para aceitar a atual situação que é se “lascar” hoje estudando, deixando um pouco de lado a vida socia, para não passar a vida se “lascando” em um emprego ruim e sem futuro.

Como já disse antes, estudar para concurso é bastante custoso, é preciso ter de fato, controle emocional, saber gerir suas emoções para não cair na “depressão” por ter que negar um convite de uma festa, por não poder comparecer no batizado do sobrinho etc.

Você abre mão da sua vida social agitada hoje para poder colher lá na frente, isso é lógica pura. Coloque isso em mente. Você não vai passar a vida estudando, isso é momentâneo.

Na minha época de concurseiro eu só tinha o domingo de folga, era quando eu ia esfriar a cabeça numa praia, por exemplo. Ou passear em algum lugar legal com a minha esposa e parceira de todas as horas.

É assim que funciona. Eu não ia mais para as festas dos amigos, não fazia mais parte dos jogos de futebol aos sábados etc. Meus amigos, nessa época, começaram a se afastar porque eu não aparecia mais em nenhum encontro. Só os amigos “raiz” ficaram.

E dentro de todo esse contexto eu fui aprendendo a ter controle emocional. O tempo inteiro eu sabia que a minha condição era passageira, que lá na frente eu ia colher os frutos da minha escolha.

Foi o que aconteceu. Passei em mais de dez concursos e hoje estou onde quero estar. Já os meus amigos não tiveram essa sorte, uma pena. Naquela época eles não ligavam muito em estudar, achavam que concurso era difícil e que seria uma perda de tempo ser concurseiro.

Mas de uma coisa eles estavam certos: é difícil mesmo. Mas não é impossível. Com o tempo, usando o Método 4.2 de Revisão, você vai se tornando competitivo e o que era difícil acaba se transformando em rotina, em algo que você já se sente à vontade para estudar. Daí você começa a perceber que a sua aprovação está cada vez mais perto.

Uma dica que dou para você controlar suas emoções é focar no processo. Foque no seu processo de aprovação, tenha uma rotina a seguir e fique certo de que esse período de estudo vai passar. É só uma questão de tempo para a sua aprovação chegar e você assinar a sua posse.

Abraços,

Rafael Barbosa.

Conheça o Programa Coaching Método 4.2 de Revisão

Um bom programa coaching é aquele que organiza e otimiza o tempo do cochee. E o Método 4.2 de Revisão trabalha dessa forma.

Método 4.2 de Revisão foi criado pelo coach Rafael Barbosa e é uma técnica de estudo que tem por missão organizar o estudo da teoria, da prática (treino em questões) e das revisões sistemáticas, da seguinte forma: as disciplinas são organizadas em dois grupos que se alternam em 4 dias dedicados ao estudo da teoria (mais questões de fixação) e 2 dias de revisão (feita de forma reversa: das questões para a “teoria”).

Abaixo segue o passo a passo do Método 4.2 de Revisão:

  • Trabalhe com ciclos de estudos de 7 dias, sendo 6 de estudos e 1 de descanso;
  • Divida os 6 dias de estudos em 4 dias para teoria e 2 para revisão;
  • Nos dias destinados à teoria, dedique no máximo 2 horas de estudo para cada disciplina;
  • Durante a leitura da teoria, faça apenas grifos e anotações (cuidado com resumos, se quiser mesmo fazer, faça resumos curtos);
  • Nos dois dias de revisão, faça questões sobre os assuntos estudados na semana e revise apenas o que errar;
  • Se for preciso, volte no curso regular ou videoaula para revisar o que você errou;
  • Procure fazer entre 300 e 500 questões por semana (dos assuntos que você estudou);
  • Controle seu progresso no conteúdo programático do concurso para o qual você está estudando;
  • Por fim, repita o procedimento até bater o edital!!!

O programa de coaching tem como objetivo:

  • fazer com que você aprenda a estudar em alta performance;
  • oferecer orientação profissional plenamente capacitada e comprometida;
  • desenvolver todas as técnicas que envolvem o método 4.2 de revisão;
  • estimular o autodidatismo;
  • melhorar seu desenvolvimento nos estudos;
  • organizar sua rotina de estudos;
  • aumentar sua autoconfiança e disciplina;
  • a sua aprovação!

São muitos os benefícios que o coachee tem a ganhar, alguns deles são:

  • gestão do tempo de estudo;
  • aumento da produtividade nos estudos, medida por meio de indicadores objetivos;
  • maior absorção do conteúdo estudado, por meio do estudo sistemático, utilizando o método 4.2 de revisão;
  • melhoria no rendimento dos exercícios, tendo em vista o trabalho focado e objetivo, baseado o cargo/área escolhido pelo aluno;
  • mais segurança durante a jornada de estudos até a aprovação, por meio de orientações pontuais e específicas, sob demanda do estudante;
  • ciclos de estudos planejados de acordo com a sua rotina e concursos de interesse;
  • organização de revisões sistemáticas, garantindo a fixação do conhecimento, sem prejuízo ao avanço do conteúdo do edital;
  • avaliações de desempenho por assunto, permitindo o conhecimento dos pontos fracos/oportunidades de melhoria em cada disciplina, conforme a sua relevância;
  • planejamento e otimização do seu estudo em um alto nível, possibilitando alto rendimento em provas.

Baixe agora nossos materiais gratuitos e comece a estudar agora mesmo!

Se você tem interesse de ter um acompanhamento individual e personalizado, deixe seu nome da lista de espera.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário