fbpx

3 dicas para você praticar o estudo ativo

Estudo ativo

Olá pessoal! Vamos falar hoje sobre o estudo ativo. Você que é concurseiro precisa ficar antenado nessa modalidade de estudar, pois ela pode acelerar o seu processo de aprovação.

No estudo ativo, você não vai ficar apenas assistindo a uma aula ou lendo um texto. Você vai interagir, fazer inferências, anotar, questionar, sublinhar etc. Você vai participar do aprendizado.

Ficar apenas ouvindo o professor faz parte do estudo passivo. Eu sei que dessa forma fica mais fácil “passar” pelo conteúdo, pois o professor vai explicar tudo e você só precisa olhar pra ele. No entanto, se você não fizer nenhum esforço associativo, como por exemplo pequenas anotações (lembrando que não recomendamos fazer resumos) ou pausar o vídeo para praticar exercícios, não participando ativamente da aula, seu cérebro dificilmente vai reter as informações por muito tempo.

Além disso, ler o assunto é mais vantajoso do que ouvir, pois a leitura é mais rápida do que uma aula em vídeo. Lendo você vai otimizar o seu tempo de estudo. Mas lembre-se de fazer as marcações e anotações durante a leitura (grifando o que você já viu cair em questão), dessa forma você estuda ativamente.

Sacou? Ótimo! Agora papel e caneta na mão para você anotar essas 3 dicas valiosas de como praticar o estudo ativo.

1.Faça questões para testar seus conhecimentos.

Quem me acompanha no instagram sabe o quanto eu friso a importância de fazer questões durante o estudo. No Método 4.2 de Revisão trabalhamos com o seguinte tripé da aprovação: teoria + questões + revisão.

No estudo ativo é crucial você praticar toda a teoria que você aprendeu durante a leitura. Lembre-se que essa leitura precisa ser feita de forma ativa, isto é, com anotações, grifos de palavras-chave etc. Dessa forma o seu cérebro consegue reter melhor o conteúdo aprendido.

Sendo assim, todos os dias que você estudar a teoria deixe um tempo reservado para fazer questões. Tente fazer entre 10 e 15 questões de cada disciplina estudada.

2.Utilize a técnica da mnemônica.

A mnemônica é uma técnica de memória por associação. Isto é, você estuda determinado assunto e associa-o a um fato da sua vida que é corriqueiro e fácil de lembrar.

A coisa associada pode ser uma palavra-chave que vai fazer você lembrar de todo o tema do assunto estudado.

Você também pode criar acrônimos para facilitar o aprendizado ativo. Um dos mais famosos é o do M.A.R.I.O, usado na disciplina de Português para memorizar os verbos irregulares que apresentam formas diferentes na conjugação (Mediar, Ansiar, Remediar, Incendiar, Odiar).

3. Estude regularmente, alternando as disciplinas.

É importante manter a constância nos estudo ativo. É preciso ter dia, local e hora para você estudar. Eu aconselho estudar seis dias por semana, no mínimo 3 horas por dia em uma local calmo.

No estudo ativo você vai estudar alternando as disciplinas. Nada de estudar uma disciplina por dia, pois o seu cérebro vai cansar com facilidade. Estude pelo menos duas por dia, uma hora e meia para cada uma.

Caso você queira fragmentar mais, estude 3 disciplinas por dia, uma hora para cada uma. Esse já é o limite, menos que isso atrapalha na hora de aprender, seu cérebro pode fazer confusão com as informações.

Anotou tudinho? Então #partiu #estudar!

Abraços,

Fernanda Barbosa.  

Prepare-se com o time do Método 4.2!

Baixe nossas planilhas gratuitas e comece a estudar agora mesmo!

Se você tem interesse de ter um acompanhamento individual e personalizado, deixe seu nome na lista de espera e faça parte do programa coaching!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário