fbpx

Quando revisar por questões?

Revisar por questões

Fala, galera! Vamos conversar hoje sobre quando revisar por questões. Isso mesmo que você leu! Fazer questões também é uma forma de revisar o assunto.

Falando nisso, vamos à pergunta que mais me fazem sobre o Método 4.2 de Revisão: “Professor, quando vou revisar de novo o assunto que vi na primeira semana de estudo?

Está na dúvida? Vamos lá!  

Antes de responder, gostaria de enfatizar o seguinte: para quem ainda não sabe, o Método tem como pressuposto a não supervalorização das revisões, que acaba por deixar o estudo muito mais lento. Não concordo com a realização de revisões a cada 24 horas, 7 dias ou 30 dias, como é amplamente difundido por aí, justamente por achar que há um excesso de revisões.

Eu sempre preferi correr para bater o edital e voltar ao início, refazendo todo o percurso. Justamente por achar que na segunda ou terceira leitura eu conseguirei perceber muito mais coisas, os assuntos passam a se encaixar, tudo começa a fazer sentido. Sendo assim, não faz sentido ficar preso a uma única “passada” de edital.

Mas algumas pessoas sentem necessidade de rever pelo menos mais uma vez, antes de bater o edital, os assuntos já estudados. Nesse caso, recomendo que sejam feitas Revisões Geral em Questões (RGQ) a cada sete ou oito semanas de estudos, por meio de questões.

Dessa forma, para aqueles que sintam necessidade, caberia uma RGQ na oitava semana de estudo, compreendendo a revisão em questões de tudo aquilo que foi estudado da primeira à sétima semana. Da mesma forma, teríamos outra RGQ na 16ª semana de estudo, sobre os assuntos vistos da nona à 15ª semana. E assim sucessivamente.

Reforço, no entanto, que esse é um procedimento que foge à regra, portanto, não é obrigatório. Eu recomendo que você estude de forma contínua, até bater o núcleo duro (quando ainda estiver formando a base – concurseiro iniciante) ou quando bater o edital (para concurseiros intermediários e avançados).

Fazer questão é crucial para o seu processo de aprovação, é quando você coloca em prática tudo que aprendeu na teoria. Com isso, você fica por dentro de como a banca cobra tal assunto, além de servir de um termômetro para saber em quais assuntos você precisa melhorar.

Estude que você chega lá! É só questão de tempo!

abraços,

Rafael Barbosa.

Prepare-se com o time do Método 4.2!

Baixe nossas planilhas gratuitas e comece a estudar agora mesmo!

Se você tem interesse de ter um acompanhamento individual e personalizado, deixe seu nome da lista de espera e faça parte do programa coaching!

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário