fbpx

Você é persistente ou teimoso?

A segunda virtude mais importante do concurseiro

Costumo dizer que a primeira habilidade que um concurseiro precisa ter é a disciplina. Se não temos disciplina, não conseguimos elaborar uma rotina de estudos que realmente garanta a nossa aprovação.

A disciplina é o primeiro passo para tudo nessa vida de aspirante a servidor público.

Não há sucesso sem ela.

Mas, claro, ela não pode atuar sozinha. Ela precisa de uma parceira para trilhar o caminho do êxito, que fique lada a lado o tempo todo. Estamos falando da persistência.

A persistência é uma virtude encontrada em pessoas que andam longos caminhos. São pessoas que estabelecem metas para alcançar o objetivo maior e conseguem se manter na caminhada mesmo passando por maus momentos.

E isso faz parte da “receita de bolo” para o sucesso do concurseiro.

Contudo, temos que identificar, dentro do processo de aprovação, o que é persistência e o que é teimosia. Coisa que veremos mais adiante neste artigo.

A persistência vai nos fazer manter a disciplina.

Se você é muito imediatista, quer tudo “pra ontem”, talvez você não tenha a virtude da persistência, ainda.

É preciso tranquilidade nessa caminhada, pois o processo de aprovação demanda algumas etapas que, sem a persistência, fica quase impossível de chegar lá.

Afinal, o caminho do concurseiro é de médio a longo prazo. Isso exige de você: disciplina para organizar sua rotina de estudo; e persistência para manter o foco e permanecer na luta diária.

Pessoas persistentes encaram os desafios e mantêm o foco mesmo em situações adversas, como uma tragédia na família ou uma pandemia, a qual faz parte do nosso cenário atual.

Isso acontece porque as pessoas perseverantes acabam tendo mais facilidade de permanecer focadas, pois elas já estão treinadas pela vida para superar desafios e alcançar seus objetivos de forma não imediatista. Mas, cuidado! Não confunda persistência com teimosia.

Seja persistente, mas não seja teimoso.

O teimoso é aquele ser que por mais que tenha algo errado, ele insiste em fazer apenas por ego, preciosismo ou porque ele não quer transigir.

É característica da pessoa teimosa a intransigência.

Como diz o ditado, o teimoso é aquele cara que dá murro em ponta de faca. Mesmo se machucando claramente, sabendo que não está dando certo, ele não larga o osso.

Se você é teimoso, cuidado!

Você pode acabar insistindo em algo que vai te prejudicar e não alcançará objetivo nenhum. A insistência do teimoso é sinal de arrogância, ele teima diante de certas situações mesmo sabendo que aquilo faz mal a ele. Enquanto que o persistente vai trilhar o caminho traçado, superar os obstáculos e alcançar o objetivo.

O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos.

Observemos o rio. Ele consegue transigir, contornar a rota para vencer os obstáculos, garantindo o caminho para as águas. Isso é uma definição clara da persistência. O concurseiro persistente é aquele que vai atrás do seu objetivo, fazendo tudo o que for preciso para alcançá-lo.

O persistente não é um cara intransigente, ao contrário do teimoso. A transigência é a qualidade que dá ao persistente a possibilidade de conseguir contornar os desafios, superar obstáculos e vencer barreiras.

Você precisa ter isso em mente: 

  • defina os seus objetivos;
  • trace os planos;
  • execute-os; e
  • seja persistente diante dos obstáculos.

Sem afobação, sem imediatismo.

Agora, a pergunta que não quer calar: você é persistente ou teimoso?

Conheça o Método 4.2 de Revisão e baixe já uma das Planilhas Gratuitas que preparei pra vocês.

Abraços,

Rafael Barbosa.

A persistência é o caminho do êxito.

Charles Chaplin

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário