fbpx

A Filosofia na vida do concurseiro

Ansiedade no estudo para concursos
Imagem: pixabay

Fala, galera! Vamos falar sobre a ansiedade no estudo para concursos. Não sei se já comentei com vocês, mas eu curto muito Filosofia. Ela nos auxilia sempre nas situações mais adversas, sem contar na abrangência que os pensamentos filosóficos dão na nossa mente.

A ideia geral da Filosofia é sempre refletir sobre a situação vivida e, a partir daí, buscar uma solução. E, como amante do pensamento filosófico, eu seguir todo o meu caminho de concurseiro ao lado dessa ciência, o que acabou dando muito certo.

Por isso, nobre colega, vou dividir com você hoje um dos pensamentos filosóficos de suma importância para o seu processo de aprovação. Vou ajudar você a controlar a ansiedade no estudo para concursos. Prepare-se para embarcar comigo nessa viagem em busca de autocontrole.

Controlando a ansiedade.

Na Filosofia existe uma corrente chamada de estoicismo (você deve estar perguntado-se o que isso tem a ver com concurso público. Não se afobe, vou explicar) De modo geral, o estoicismo divide o mundo em duas classes:

I- Aquilo que nós conseguimos controlar;

II- Aquilo que não conseguimos controlar.

A partir dessa divisão você vai começar a compreender que a ansiedade só faz atrapalhar os seus estudos e, portanto, você precisa livrar-se dela. Então, para isso, vamos usar o estoicismo ao seu favor.

Aquilo que podemos controlar são as nossas ações. Afinal, podemos ter controle sobre  o que vamos estudar, sobre os materiais escolhidos, métodos etc. No entanto, o que não somos capazes de controlar são as ações das outras pessoas, as ações externas. Isso foge totalmente do nosso controle.

Se não somos capazes de controlar as ações dos outros, não podemos perder tempo tentando, concorda? Pois assim ficaríamos ansiosos e frustrados, diminuindo o nosso rendimento em qualquer atividade.

A teoria do arqueiro.

Um bom exemplo que podemos usar para ilustrar esse pensamento estoico é a Teoria do Arqueiro. O arqueiro controla o seu treinamento, o seu equipamento (arco e flecha) e o momento de quando vai poder soltar a flecha. Ele possui o controle de tudo isso.

No entanto o arqueiro não pode controlar os eventos externos, como algum fenômeno da natureza, por exemplo. Na hora que ele vai disparar a flecha pode surgir uma ventania, um obstáculo qualquer que atrapalhe a visão do alvo etc.

O que tenho a dizer é que você, concurseiro ou concurseira, pode controlar o seu estudo, assim como o arqueiro que pode controlar o seu treinamento. Você pode escolher o material utilizado, a técnica de estudo etc. Contudo você não pode controlar o tempo em que você será empossado, se um parente vai adoecer e precisar de você, quais questões vão cair na prova ou quais serão anuladas, o tempo em que a pandemia irá acabar etc.

Portanto, você precisa focar naquilo que você pode controlar e não naquilo que você não pode. Tudo o que você não é capaz de controlar precisa ficar alheio a sua preocupação, pois, de modo contrário, você pode acabar sucumbindo, alimentando uma ansiedade patológica que só irá atrapalhar o seu processo de aprovação.

Então, foque no seu estudo e coloque-o como prioridade. Adote essa filosofia do estoicismo, internalize-a e reduza qualquer tipo de ansiedade que venha atrapalhar seu objetivo. Isso vai te dar mais segurança e habilidade na hora de estudar, afinal uma mente tranquila e relaxada absorve muito mais conteúdo do que uma mente ansiosa.

Bons estudos e foco total na aprovação!

Abraços,

Rafael Barbosa.

Conheça o Método 4.2 de Revisão e baixe já uma das Planilhas Gratuitas que preparei pra vocês.

Gostou do texto? Siga-me também no Instagram e receba dicas e postagens diárias.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário