fbpx

Por que devo escolher uma área?

Área de concurso público
Imagem: pixabay

Fala, galera! Sabia que escolher uma área de concurso público é crucial para a sua aprovação? Isso vai otimizar seu tempo, agilizando a sua posse!

É muito importante escolher uma área de concurso público para iniciar os estudos, pois é nesse caminho que você vai construir uma base sólida de conhecimento, acelerando o seu processo de aprovação.

Com a escolha da área, o candidato fica apto a estudar para diferentes cargos de forma concomitante, ampliando o campo de possibilidades de ser aprovado e empossado. E isso vai fazer com que o concurseiro consiga concorrer para cargos de áreas diferentes, porém com editais parecidos.

Vamos entender melhor!

Eu, durante a minha jornada de concurseiro, descobri a necessidade de escolher uma área de concurso público para ser aprovado mais depressa. Como eu queria ser  auditor, ainda na faculdade (cursava Ciências Contábeis), comecei a me preparar por um edital grande. Fiz minha pesquisa e vi que o edital do TCU englobava um número maior de disciplinas-base para a área de controle.

Então, pelo edital do TCU, comecei a estudar pelo Método 4.2 de Revisão com constância e disciplina. Escolhi a área de controle e iniciei os estudos com as disciplinas de Língua Portuguesa, Direito Constitucional, Direito Administrativo, AFO, Administração Geral e Pública, Controle, Auditoria e Contabilidade Geral.

Diante disso, construí uma excelente bagagem de conhecimento e fui conciliando o edital do TCU com concursos menores que abriam no meio do caminho, pois havia muita semelhança entre os editais.

Por exemplo, eu escolhi a área de controle e o edital do TCU como base para os meus estudos. Eu almejava, como vocês já sabem, ser auditor fiscal. Mas enquanto eu não chegava lá, eu fazia concursos em outras áreas que os editais se assemelhavam com o que eu estava estudando na área de controle.

Nesse contexto, um colega meu me falou sobre o concurso do TRT, afirmando que as disciplinas batiam com as que eu estava estudando. Daí, eu fui analisar o edital do TRT e a única disciplina que eu não havia estudado era a do regimento interno do tribunal. Decidi, então, fazer o certame.

Com isso, perceba que eu ia fazer uma prova na área jurídica, o fato de eu estar estudando para a área de controle me deu bagagem para fazer concursos em outras áreas. E foi o que fiz. Prestei o certame em 2010 e passei em terceiro lugar para Analista do TRT sem nunca ter feito um concurso na área jurídica.

Percebeu a importância de escolher uma área de concurso público?

É dessa forma que você consegue conciliar dois editais, por exemplo. É desse jeito que você consegue estudar para dois concursos ao mesmo tempo. É tudo uma questão de lógica e organização.

Se você, por exemplo, almeja a área policial, estude pelo edital da Polícia Federal, ele é um edital maior que vai te dar mais disciplinas-base para você poder ir fazendo concursos menores ao longo do caminho.

A ideia é construir uma base para você se aventurar nos demais cargos, estudando para mais de um concurso ao mesmo tempo. Para tanto, você vai sempre analisar os editais abertos com o que você está estudando. Se as disciplinas forem semelhantes, a chance de você passar é grande. No entanto, se os editais não se assemelharem, não participe do certame, pois você vai só perder temo, e tempo é algo precioso no seu processo de aprovação.

Se você escolher agora a sua área, pegar um edital grande como base para se preparar, você vai terminar 2021 com uma excelente bagagem, tornando-se um concurseiro apto a competir por uma vaga. Imagina chegar em 2022 já aprovado dentro das vagas? Isso é possível!

Então, nobre colega, escolha já a sua área, pesquise um edital grande, estude com constância e disciplina, faça a sua base na sua área e meta bronca! A aprovação vem de um trabalho sólido, construído ao longo do tempo. Comece estudando de forma organizada e otimizada com o Método 4.2 de Revisão.

Vale muito a pena estudar para concurso público, ser concursado mudou a minha vida e, sem dúvida, mudará a sua também, para melhor!

Abraços,

Rafael Barbosa.

Conheça o Método 4.2 de Revisão e baixe já uma das Planilhas Gratuitas que preparei pra vocês.

Gostou do texto? Siga-me também no Instagram e receba dicas e postagens diárias.

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário