fbpx

Clube das cinco da manhã

Clube das cinco da manhã.
Imagem: epocanegocios.globo.com

Fala, galera! Tudo bem? Vamos conversar sobre o clube das cinco da manhã. Que clube é esse? O que ele faz? Vem comigo que vou te explicar.

Tem uma galera que acorda às cinco da manhã para estudar e consegue um alto rendimento nos estudos. Mas será que todo concurseiro precisa fazer isso para passar? Não, não precisa.

O horário para estudar é particular de cada um.

Cada estudante possui seu próprio ritmo, por isso o horário para estudar vai depender de como o seu corpo funciona, em que momento ele possui alto desempenho etc. E esse funcionamento é diferente de uma pessoa para outra.

Portanto, existem pessoas que não conseguem acordar muito cedo para estudar. Quando elas tentam, elas acabam não rendendo, pois ficam muito sonolentas. Enquanto têm pessoas que só conseguem estudar de madrugada, pois é o horário que conseguem render mais.

Eu, por exemplo, não conseguia estudar de madrugada. Já tentei de toda forma, mas quando o relógio marcava dez da noite, já não conseguia produzir mais nada. E quando eu acordava às cinco da manhã, na época para trabalhar, eu já levantava de mau humor. E ele só passava lá pelas sete ou oito da manhã. Por isso, entrar no clube das cinco da manhã sempre esteve fora de questão pra mim.

Você pode até tentar acordar às cinco da manhã, como disse antes, pois cada organismo funciona de uma forma, mas se você não consegui render; não se culpe. Seu horário de estudo vai ser outro, você não precisa forçar seu corpo, respeite-o.

O horário de estudo não vai definir a sua aprovação.

A sua aprovação vai depender da sua dedicação, da sua persistência e da sua disciplina. Quem estuda comigo pelo método 4.2 de revisão sabe do que estou falando. Portanto, não se culpe por não conseguir entrar no clube das cinco horas da manhã.

Se você almeja estudar nesse horário, faça um teste: estude por trinta dias nesse esquema. Caso você não renda, pare e encontre um horário que o seu corpo consiga acompanhar o ritmo de forma satisfatória e não prejudicial.

Portanto, nobre colega, não seja “Maria vai com a outras“. Antes de seguir qualquer “corrente”, faça um teste para saber se o seu corpo vai aguentar o novo “hábito” por um tempo razoável. Se não conseguir se acostumar, paciência. Você não precisa se martirizar por isso. Cada um estuda no horário que for mais cômodo. O importante é estudar com qualidade.

Conheça o Método 4.2 de Revisão e baixe já uma das Planilhas Gratuitas que preparei pra vocês.

Gostou do texto? Siga-me também no Instagram e receba dicas e postagens diárias.

Abraços,

Rafael Barbosa.

Só se pode alcançar um grande êxito quando nos mantemos fiéis a nós mesmos.

Friedrich Nietzsche

Gostou deste artigo? Compartilhe!

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
Linkdin
Share on pinterest
Pinterest

Deixe seu comentário